Viagem pode ser bom presente no Dia das Crianças


Família pode se divertir em parques, praias, hotéis-fazenda e resorts.

No próximo dia 12/10 muitas famílias irão aproveitar o feriado para se divertir com a criançada, afinal não são apenas brinquedos que elas esperam no Dia das Crianças. Quem quiser promover um dia inesquecível para os pequenos pode planejar uma viagem, mesmo que seja curta, que dê para se divertir e conhecer novos lugares. “Viajar com crianças é trabalhoso e exige paciência, mas o sorriso delas no final faz tudo valer a pena”, destaca Aldo Siviero, diretor do portal iTrip.
Parques temáticos, hotéis-fazenda, pousadas, cidades litorâneas, resorts ou locais com programações especiais para as crianças são apenas algumas das opções. “O destino depende da idade das crianças, do tempo disponível para aproveitar o passeio e também do perfil da família. Para quem prefere ar livre e natureza, uma viagem a Bonito, no Mato Grosso do Sul, pode ser perfeita. Já quem prefere sol e mar vai gostar mais de conhecer as belas praias catarinenses”, observa.
No quesito parques temáticos há opções para todos os gostos – desde atrações artísticas, brinquedos radicais, brinquedos aquáticos, piscinas de água quente e contato com a fauna e flora.  “Alguns parques temáticos oferecem até hospedagem para que os turistas possam aproveitar por mais tempo a estadia”, acrescenta Siviero, que é vice-presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV-RJ).
Siviero ressalta que os pacotes de viagem facilitaram e muito a vida dos pais na hora de planejar um passeio com toda a família. Além de oferecer mais opções de pagamento, os pacotes suprem todas as necessidades do grupo. “Pais com dois filhos, por exemplo, vão precisar de um quarto de hotel maior, que possa acomodar todos. E nem todos os empreendimentos possuem a estrutura adequada, por isso é bom pesquisar com antecedência”, recomenda.
Os pais devem ter ainda mais cuidado ao adquirir os cupons de ofertas coletivas. Muitos não incluem a hospedagem de crianças, enquanto outros garantem a gratuidade do serviço até determinada idade. “É bom lembrar ainda se as crianças vão precisar de algum equipamento, alimentação específica ou atendimento especial. Os bebês, por exemplo, normalmente mamam e as mães precisam de um local para esquentar a mamadeira”, evidencia. 
Até os mais grandinhos podem dar um pouco mais de trabalho, já que a rotina durante a viagem é bem diferente do cotidiano, com horários menos definidos. “O importante é escolher atividades que serão prazerosas tanto para as crianças quanto para os adultos, sem prejudicar um ou outro e agradando a todos. O passeio também pode ser planejado diariamente, sendo que um dia é mais voltado para as crianças e outro mais para os adultos”, exemplifica.
Conheça mais destino no portal iTrip: http://www.itrip.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário